• Raquel Magalhães

POSSO ME TRATAR COM CANNABIS MEDICINAL?

A Cannabis tem se mostrado eficaz no tratamento de dezenas de doenças e transtornos de saúde

O motivo desta vasta aplicação se deve aos canabinoides presentes na planta Cannabis sativa ativarem o nosso sistema endocanabinoide.


ENTENDENDO A PLANTA

A Cannabis sativa é um planta com mais de 500 compostos químicos. Dentre estes, 104 são canabinoides já identificados, encontrados nas flores, folhas e caule. Flavonoides, alcaloides, ácidos graxos, terpenos estão em sua formulação. Apesar de haver mais de cem canabinoides produzidos pela cannabis, somente alguns existem em quantidades significativas. Dentre estes, os mais conhecidos são o tetrahidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD). Pesquisas sobre os benefícios desses dois compostos estão bem estabelecidos. O THC é psicoativo e apresenta propriedades analgésicas e antieméticas. Já o CBD apresenta propriedades antipsicóticas, anticonvulsivas (eficaz no combate a enjoos e náuseas) e ansiolíticas (reduz ansiedade, tensão e relaxante muscular). Diversos outros canabinoides estão sendo pesquisados para potenciais terapêuticos, e evidências científicas comprovam que estes funcionam de forma mais eficaz juntos do que isolados.


SISTEMA ENDOCANABINOIDE


O sistema endocanabinoide possui um papel importante em diversas reações bioquímicas do corpo humano. Ele está intimamente relacionado ao nosso processo de homeostase (equilíbrio interno) e executa diferentes tarefas no sistema imunológico, sistema nervoso e em todos os órgãos do corpo, regulando uma série de processos fisiológicos, incluindo apetite, dor, inflamação, pressão intraocular, controle muscular, metabolismo, qualidade do sono, resposta ao estresse, humor e memória. É formado por receptores canabinoides, pelos endocanabinoides, enzimas metabolizadoras e proteínas (permitindo a passagem de moléculas pela membrana celular).


Os endocanabinoides e seus receptores, denominados CB1 e CB2, são encontrados em todo o corpo: no cérebro e em todos os outros órgãos, nos tecidos conjuntivos, nas glândulas e nas células imunológicas. Estes não são os únicos receptores canabinoides, mas foram os primeiros descobertos e continuam sendo os mais bem estudados.


Os receptores CB1 são amplos em diversas estruturas do sistema nervoso central e também no tecido conjuntivo, glândulas e órgãos. Os receptores CB2 são expressos em sua maioria perifericamente nas células do sistema imunológico, mas também estão presentes no sistema nervoso central, em menor quantidade.


TIPOS DE PRODUTOS



- Óleos e extratos

- Cápsulas e comprimidos

- Cremes e loções

- Adesivos transdérmicos

- Cannabis vaporizada

- Cannabis fumada

- Sprays nasal e oral

- Supositórios

.

Quais as principais indicações de uso da Cannabis Medicinal?


- Acne, psoríase e dermatites

- Anorexia

- Ansiedade, medo, pânico e depressão

- Artrite reumatoide

- Artrose

- Autismo

- Câncer

- Doenças autoimunes e degenerativas como Parkinson e Alzheimer

- Dependência química

- Dores crônicas

- Diabetes

- Endometriose

- Epilepsia e convulsões

- Esclerose Múltipla

- Esquizofrenia e psicose

- Fibromialgia

- Glaucoma

- HIV

- Problemas gastrointestinais

Lembre-se sempre que você não deve se automedicar. O acompanhamento médico e profissional é de extrema importância. Há riscos de interações medicamentosas e, assim, você evita maiores complicações no seu estado geral de saúde.



74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo