• Raquel Magalhães

SEXTA DO CHÁ

VOCÊ SABE IDENTIFICAR UM CHÁ DE QUALIDADE? E A MELHOR FORMA DE ARMAZENAR SEU PRODUTO EM CASA?

Depois dessas dicas ficará muito mais fácil você ter certeza que está levando um bom produto para sua casa, com potência de aromas e sabores. A partir daí, basta prepará-lo seguindo as orientações já passadas aqui no Blog. E guardá-los de forma correta para que você mantenha seu chá sempre fresco.


Vamos começar pela identificação do produto.


A grande dica é utilizar os seus sentidos: visão, olfato, paladar, tato e audição. E a sua intuição também auxiliará muito neste processo.


Você deve comprar somente aquele produto que você consegue ver e as folhas não podem estar com a coloração esbranquiçada. Depois, sinta o aroma da erva - produtos passados perdem o cheiro. Aproveite que muitas casas de chá preparam uma xícara para você experimentar! Se conseguir tocar na erva (veja se o atendente lhe dá uma ou duas folhas, se a loja for a granel), ela deve ser rígida e crocante; você vai sentir e ouvir a erva quebrando. Produtos velhos não possuem mais essa crocância e são difíceis de partir.


Se comprar online e não conhecer o produto, prefira sempre lojas e marcas estabelecidas no mercado, com histórico de qualidade, ou que tenham sido recomendadas por apreciadores e entendedores de chás. Saber da origem da erva também é um diferencial importante para rastrear informações. Normalmente casas especializadas na venda de chás trazem informações completas sobre o produto, como sua origem, características de cor, aroma e sabor, além da forma correta de preparo.


Compre quantidades pequenas e poucas variedades para ter sempre chás frescos em casa.


Lembre-se que, para o preparo de cada xícara, é necessário de 2 a 3g (1 colher de chá) da erva. Ou seja: cada 50g rende em torno de 25 xícaras (dependendo do peso dos ingredientes) e se o chá for de qualidade você ainda pode reinfusionar mais de uma vez.


Caso opte por chás de saquinho, prefira aqueles em que é possível ver o que tem dentro. Algumas marcas importadas já trabalham com a praticidade do sachê com ervas soltas. Não deixe de escolher marcas idôneas e, de preferência, que trabalhem com orgânicos. Esse selo dá a certeza de que você está de fato consumindo somente folhas. E SEMPRE leia o rótulo para saber a composição dos ingredientes.

Muitas lojas e casas de chá possuem latas de armazenamento para que os clientes possam ver as folhas e sentir o cheiro; e algumas até mesmo oferecem porções individuais para experimentar em casa ou preparar a bebida na hora, dentro do estabelecimento. É sempre bom sacudir um pouquinho o pote para liberar o aroma. Comece a treinar o olfato para distinguir o natural do sintético.

Você sabe a diferença de qualidade entre chás a granel e de saquinho/sachê?

A GRANEL: são os chás de folhas soltas, vendidos normalmente sem embalagens. São fracionados na hora da compra nas quantidades que você solicitar. É considerado o melhor tipo de chá a ser consumido devido às suas propriedades.


SACHÊ OU SAQUINHO: é o mais fácil e prático para encontrar e preparar. O processo normalmente é cortar e triturar as folhas até quase um pó. Costuma ser menos eficiente em termos de propriedades do que a erva a granel, com menos aroma e sabor, além de ter maior uso de aromatizantes e corantes. Pode conter outras partes da planta como folhas e talos.


Esta técnica de trituração certamente facilitou a produção de saquinhos de chá, mas à custa de um precipitado declínio da qualidade. O chá quebrado ou pulverizado torna-se muito mais forte pois forma corpo: folhas finamente picadas liberam uma enorme quantidade de taninos "pesados" em detrimento da delicadeza aromática de um chá de folhas soltas.


Atualmente já podemos comprar sachês vazios e preencher com a erva a granel de nossa preferência.


Depois destas dicas e com o seu chá já separado para levar para casa, você deve armazená-lo de forma correta. Mantenha-o hermeticamente fechado, em local escuro, fresco, seco e longe de outros produtos com odores fortes.

- Os chás (Camellia sinensis) devem ser armazenados em latas ou recipientes de vidro ESCURO, bem vedados e ao abrigo da luz. Longe de café e especiarias de aromas fortes.

- As infusões podem ser armazenadas em latas ou recipientes de vidro claro, bem vedados e ao abrigo da luz.


A duração de armazenamento apropriada varia de acordo com o chá. De modo geral, aqueles caracterizados por notas florais, herbáceas, frescas e iodadas têm vida útil mais curta do que os mais ricos em notas amadeiradas e de animais. Atente à validade indicada em seu produto.


Bom chá ;)

83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo